Formação Acadêmica

 Graduação em Comunicação Social – Bacharelado com Habilitação em Publicidade e Propaganda, pela Uni-BH – concluída em 1997

 Graduação em Artes Plásticas – Licenciatura em Artes Plásticas, pela UEMG (Escola Guignard) – concluída em 2008

Experiência Profissional

Produção de Documentário em comemoração de 10 anos de carreira de Dona Jandira (2014)

– Produção de Documentário sobre Vestidos Ciganos, na comunidade Calon do bairro São Gabriel (2014)

 – Produção Executiva para Projeto Temos Palco BH – Fundação Nacional de Artes – Funarte (2014) A ideia do Sarau surgiu no encontro da ministra da Cultura, Marta Suplicy, com jovens dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Manaus, Brasília e Recife, durante o evento Curto Circuito da Juventude, promovido pelo Ministério da Cultura, em março de 2014, em Brasília. Coordenado pelo presidente da Funarte, Guti Fraga, o objetivo da iniciativa é reunir grupos artísticos de diversas áreas, no intuito de promover a troca de experiências, incentivando o reconhecimento, visibilidade e intercâmbio cultural. O projeto em Belo Horizonte contou com a Produção Artística de Ricardo Aleixo.

Já trabalhei em diversos projetos nas áreas de Comunicação Comunitária e Educação, envolvendo as juventudes, movimentos sociais, culturais, grupos de cultura popular, tradicional e educadores. Tenho forte atuação como educadora audiovisual e como coordenadora de processos formativos de produção audiovisual, também como gestora de projetos sociais, além de já ter realizado registros em audiovisual em diversas comunidades.

Na Associação Imagem Comunitária, ONG de Belo Horizonte, onde componho o quadro de  sócio fundadores, atuei:

 – Educadora e coordenadora GT Ocupa TV UFMG – Festival de Inverno UFMG (2014) Durante uma semana, um grupo de vinte jovens, entre eles estudantes da universidade e moradores das ocupações Vitória, Isidoro, Rosa Leão e Eliane Silva, produziram vídeos que partiram de proposições e que foram exibidos na TV UFMG.

 – Coordenadora do projeto Rede Jovem de Cidadania (2008 – 2014)

– Educadora Audiovisual do projeto Rede Jovem de Cidadania (2004 – 2007) O projeto Rede Jovem de Cidadania consiste em articular uma rede participativa com centenas de grupos e movimentos culturais da cidade de Belo Horizonte e região metropolitana. A proposta do projeto é dar visibilidade a iniciativas nos campos da cultura e cidadania, por meio de registros que compõem um programa de TV de 26 minutos de duração, exibido na Rede Minas e TV Brasil, desde 2004. O objetivo é fortalecer o acesso público aos meios de comunicação e criar métodos que envolvam os participantes nas diversas etapas do processo de produção audiovisual. O programa Rede Jovem de Cidadania já abriu espaço para centenas de grupos se expressarem e discutirem questões ligadas às suas vivências cotidianas e experiências culturais. Registrando e trazendo seus olhares, as pessoas envolvidas, junto com a equipe, construíram e deram visibilidade em espaço público para outras imagens, que deslocam os estereótipos e os preconceitos frequentemente associados às juventudes, às periferias e seus moradores, à cultura popular brasileira, às religiões de matriz africana, às identidades do povo negro, à política, entre outros.

 – Educadora audiovisual e coordenadora do projeto com Quilombolas do Mato do Tição (2010) O projeto com os Quilombolas do Matição em Jaboticatubas, MG, tinha como principal objetivo mobilizar os jovens e crianças da região, de modo que eles pudessem registrar em audiovisual as manifestações culturais, religiosas e cotidianas da comunidade quilombola. O processo formativo durou seis meses e proporcionou um encontro de gerações a partir do registro da oralidade. Os mais novos foram buscar o conhecimento dos mais velhos e produziram diversos materiais fotográficos e audiovisuais. Acompanharam e gravaram diversas festas (Folia de Reis, Carnaval, Festa Junina, Candombe), as rezas, subidas de mastro, casamentos, o processo de colher, cozinhar, plantar, brincar e construir brinquedos, pescar e nadar.

 – Educadora audiovisual e coordenadora do projeto Juventude do Jequi (2009 – 2013) O projeto Juventude do Jequi envolveu jovens das cidades de Padre Paraíso, Itaobim, Araçuaí e Jequitinhonha em processos formativos de audiovisual e formação de núcleos de produção regionais. O objetivo era fomentar registros sobre as realidades destes jovens e levantar questões pertinentes ao universo deles. Os participantes do projeto realizaram exibições dos materiais produzidos em praças públicas e escolas. A equipe do projeto também atuou, de 2009 a 2013, na Assessoria de Comunicação do Festivale (Festival de Cultura Popular do Vale do Jequitinhonha), em parceria com o programa de extensão da UFMG, Polo do Jequitinhonha, formando equipes compostas por jovens moradores das regiões e com produções diárias que eram exibidas em praça pública, antes dos shows.

 – Educadora e coordenadora do Centro de Mídias da Juventude (2008 – 2010) O Ponto de Cultura Centro de Mídias da Juventude agregou diversas propostas envolvendo a produção audiovisual, a partir da ideia de acesso público. Através de um formulário, os grupos culturais demandavam produções, processos formativos, empréstimos de equipamentos e uso de espaço, através de uma contrapartida. A partir de cada demanda, a equipe construía com o grupo o processo de realização dos produtos, além de criar estratégias de visibilidade, multiplicação e captação de recursos.

 – Educadora audiovisual e coordenadora do projeto Juventude de Atitude em Minas (2008) O projeto Juventude de atitude em Minas aconteceu nas comunidades de Lapinha da Serra (distrito de Santana do Riacho) e Bichinho (distrito de Tiradentes). O objetivo era mobilizar jovens das comunidades do interior de Minas para que eles pudessem se expressar através da linguagem audiovisual. Ao longo dos seis meses de projeto, os jovens participantes realizaram diversas produções e registros sobre a realidade sociocultural e ambiental de suas comunidades. São experiências midiáticas criadas a partir da busca pelas histórias dessas comunidades, pelas reflexões sobre o cotidiano que eles vivenciam e, principalmente, sobre o papel da juventude enquanto agente de mobilização e preservação cultural e ambiental.

 – Educadora audiovisual e coordenadora do projeto Videoinvenção (2008) O projeto Videoinvenção tinha como objetivo fortalecer as ações sociais e culturais de jovens da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e de Padre Paraíso, no Vale do Jequitinhonha. O projeto, proposto pela Associação Imagem Comunitária (AIC), buscou estimular a produção inventiva e a experimentação audiovisual, a partir de jogos midiáticos que fomentavam a utilização das possibilidades estéticas da linguagem. Foram produzidos videoclipes, ficções e documentários de até 5 minutos de duração. O projeto desenvolveu um amplo processo de formação e de mobilização de coletivos que estão situados em regiões afastadas do centro, fazendo parcerias com centros culturais, igrejas e entidades locais que abrigaram os processos formativos, buscando ampliar o acesso e fortalecer a rede de produção comunitária juvenil.

Formação Complementar

– Curso de formação para Arte Educadores – Teatro Brincante, São Paulo (2002)

– Curso de Marcenaria – Sesc Pompéia, São Paulo (2001-2002)

– Oficina “Filme Documentário: entre memória, fala e território, um procedimento político”, com a documentarista Claire Angelini, realizado no Festival Etnográfico Fórum Doc (2012)

– Curso com Artista Plástica Nigeriana Folashade Ogunlade (2012) – promovido pelo Instituto de Arte e Cultura Yorubá

– Disciplina Antropologia Urbana, no Departamento de Pós-Graduação em Antropologia – UFMG – Prof. Ana Lúcia Modesto (2013)

– Disciplina Etnografia e Cultura, no Departamento de Pós-Graduação da Faculdade de Educação – FAE/UFMG – Prof. Ana Gomes (2014)

– Disciplina Educação e Cinema, no Departamento de Pós-Graduação da Faculdade de Educação – FAE/UEMG – Prof. José Miguel Lopes (2014)

– Oficina “Que diabos estou fazendo nesta imagem?”,  com o documentarista Avi Mograbi, realizado no Festival Etnográfico Fórum Doc (2014)

– Ciclo de Palestras promovidas pelo Programa Cátedras IEAT – Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares da UFMG – “Estudo da Raça”, “Filmando a África”, “Filmando a África e Diáspora”, “Representações da Raça”, “Representações da Raça e Diáspora Africana”, ministrado por Tukufu Zuberi (2014)

– Palestra “Música Moçambicana no Pós-Independência”, promovido pelo Centro de Estudos Africanos (2014)