Overview
Esse programa surge de uma parceria entre a Rede Jovem de Cidadania e o Centro Cultural Casa África. A proposta da narrativa parte de um evento que envolve o encontro da Kora (instrumento africano, harpa-alaúde de 21 cordas amplamente utilizado por povos na África ocidental) com a música afrobrasileira. Com produção da Casa África, o evento é a culminância de uma série de encontros, conversas e ensaios entre o músico Senegalês Zal Sissokho, que aprendeu a arte da Kora com seu pai, e diversos músicos brasileiros. As castas de Diabaté e Sissokho são os três grupos familiares principais que continuam a manter a memória dos povos Mandingue. Zal Idrissa Sissokho tem não só o nome, mas também as tradições e os antecedentes desta cultura. Zal é Griot e canta melodias, em ambos os idiomas, Malinke e Wolof, que são inspirados pelas tradições da África Ocidental. A Rede Jovem de Cidadania acompanhou todo o processo de produção e as singularidades que surgem dessa mescla de sons e do diálogo entre as culturas.
  • Produtora : Associação Imagem Comunitária - AIC
  • Data : 2012

No Related Item Available